primeiro dia ameno de março, 2001

projeção no teto de vidro: 35 x 35 cm, segunda projeção: 100 x 100 cm de Henna Asikainen e Silvana Macêdo som de :zoviet*france:

 

primeiro dia ameno de março foi uma instalação ‘site specific’ na galeria dos pássaros do Museu de História Natural Hancock, Newcastle. Constituiu-se de som, uma pequena projeção de um pássaro voando no teto de vidro (que podia ser vista através de um telescópio), uma intervenção na iluminação de alguns dioramas, e uma segunda projeção numa parede do primeiro andar da galeria. Esta instalação pode ser vista como uma obra alegórica, pois sua estrutura é construída através de outra pré-existente. A própria coleção do museu também pode ser entendida como uma alegoria, que tenta interpretar o ‘livro da natureza’. A instalação complica a legibilidade deste texto alegórico, pois superpõe novos níveis de significado, que frustram o desejo por um significado transparente para os objetos expostos. A intervenção na iluminação dos dioramas evidencia o aspecto não didático da coleção, funcionando como uma leitura específica de narrativas ocultas.