entranhas, 2015 - 2018

de Silvana Macêdo

 

Entranhas. Ou o corpo virado do avesso? As obras que compõem a exposição Entranhas de Silvana Macêdo constituem autorretratos que carregam histórias de um corpo marcado pela interferência de uma doença autoimune (Lupus Eritematoso Sistêmico), e sua persistente busca pela cura. Ao se apropriar de ilustrações de livros de anatomia humana como referência, a artista transforma imagens científicas em fluidas paisagens interiores. Os órgãos, tecidos e células se confundem ora com elementos estruturais de plantas (folhas, galhos, raízes) ora com ambientes subaquáticos. Fora e dentro se espelham revelando uma continuidade entre o corpo e a natureza da qual faz parte.