nunca mais, 2016 - 2021

de Silvana Macêdo

O título desta série é uma referência direta ao livro "Brasil: Nunca Mais" (1985), promovido pelo Conselho Mundial de Igrejas e da Arquidiocese de São Paulo, que reuniu contribuições de muitas pessoas da sociedade civil para revelar documentos sobre a tortura política, desumanidades e atrocidades que aconteceram no nosso país durante a ditadura militar. Relembrar as terríveis violações aos direitos humanos daquele período histórico se faz necessário e urgente no presente, pois o clima político que se instalou no Brasil depois do golpe contra presidenta Dilma Rousseff em 2016, abriu espaço político para uma nova onda de discursos anti-democráticos, violentos e odiosos que ferem a dignidade humana e que ameaçam a segurança alimentar e energética do povo brasileiro, bem como a existência de toda vida não humana em nosso território.